domingo, setembro 10, 2006

Praia do Forte, sol, água transparente, eu ali pensando que fazia parte daquele universo, tudo caro, tudo belo, tudo perfeito... de repente, eu sinto o calor quente do bafo da realidade soprar em minha nuca no exato momento em que vejo a minha namorada entrar na água de uma forma, digamos, estranha... braços abertos, mergulho de barriga... então inicia-se o diálogo que iria mudar pra sempre a minha definição de “perfeição” Eu: o que é isso linda? (pq nem nessas horas ela consegue ser feia) Ela: estou imitando uma tartaruga marinha pra você, pra vc sorrir! Eu: perfeito, a melhor imitação de tartaruga marinha que já vi. Ai ai, a realidade é mesmo cruel... custava me deixar ali por mais uns 254 anos???

4 comentários:

ka disse...

Eu a amo por várias razões e dentre elas porque ela realmente de faz rir... se bem que nesse dia aí eu gargalhei.

KamiguinhoTECO disse...

Nossa... já tava sentindo falta das besteiras de B1... se é que ainda ela se chama B1, né... vai saber... blog novo, nick novo, sei lá...
beijos a todas.

Augusto Galery disse...

Ai, ai, o amor... Eu já imitei uma tarântula pruma namorada gótica...

Usuária disse...

Para Augusto.

e ela gostou???