quarta-feira, junho 25, 2008

PRESENTEADAS - PARTE I

Bem, conforme prometido. Nós, as moças boas de coração puro, do Calcinhas no Box... vai abrir as caixinhas de presentes de vocês, que por sinal foram bem mequetrefes... gente! o que foi feito do glamour? das jóias e dos carros?

Ok, isso não é da minha conta.

Vamos lá.

CINTO: Quer dizer que você está phodido. Cinto é sinônimo de altar meu caro. Sua mãe não te explicou isso não? O Cinto é praticamente uma simpatia, quanto mais você aperta mais fica apaixonado. E eu acho bem feito, quem mandou sair com uma encalhada? Tanta mulher no mundo e você escolhe justamente a que é pra casar? Me poupe

PELÚCIA: Pelúcia é o erro. Quem dá uma pelúcia no dia dos namorados? Certamente alguém infantilizado, que quer chamar sua atenção, mais nada. Normalmente esse tipo, assiste comercial de shopping e vê a moça toda sorridente ganhando um urso enormeee. Só que não prestou atenção no detalhe, lá quem entrega é o Rodrigo Santoro e isso faz toda a diferença. Podia ser um par de sandálias samoa que ela iria sorrir. Sem contar que os ursos são sempre gigantes, que não cabem em lugar nenhum da sua casa e só prestam pra juntar poeira. Resumindo... você entrou em uma roubada e nem pode terminar e devolver o urso, porque todo o mundo vai saber que você namorava um bocó.

FLORES: Bem, as flores merecem um capítulo à parte já que para início de conversa elas não são um presente, elas são um pedido de desculpas, um beijo de bom dia... se a idéia era presentear... as flores deveriam ter papel de cartão... tipo: uma rosa e uma jóia, uma rosa e uma passagem para Paris. Ganhar flores (e só) no dia dos namorados, quer dizer que a coisa aí tá feia. Um conselho? ano que vem desfila com ele(a) uma semana antes pelo shopping e fala que adora a calça X.

LINGERIE: Essa não precisa explicar né? O presente é tão egoísta quanto o presenteador. Resumindo: Quer te comer.

EU TE AMO: Não, isso nem deveria estar aqui. Eu te amo não é presente (viu D. Dama de Cinzas), presente são coisas tangíveis. Eu te amo é desculpa esfarrapada, se você é despreendido das coisas, o outro pode não ser, então vamos comprar uma coisinha e fazer uma surpresa ainda esta semana.

LIVROS: Mesmo que você tenha pedido, escolhido e amado... faltou uma coisinha aí. Custava levar um presente? Porque se você já sabia o que era, perdeu a graça. Olha! Vou falar uma coisa. Quem dá somente o presente escolhido mostra profundo desafeto com o outro. Vocês estão esquecendo a regra número 1 dos namoros... SURPREENDER. Isso vai acabar em rotina, escreve aí na contra capa. Sem contar da mania que o povo tem de colocar dedicatória. Você por acaso escreveu o livro? Dedicatória é feita pelo autor, você no máximo cola um cartão.

Bem pessoal, por hoje é só. Logo postaremos o resto.

sexta-feira, junho 20, 2008

Mundo Sapa...

Na falta do que escrever, vamos aproveitar a onda GLBT Suspeitos do Calcinhas no Box e postar mais uma notícia atrasada que não interessa mais ninguém.

Moradores da Ilha de Lesbos entram na justiça para proibir que o termo LÉSBICA seja usada como sinônimo para mulheres homossexuais.

Sim! E quem mandou ter uma poetisa sapatona? Agora estão ofendidinhos porque todas as mulheres da ilha são lésbicas... para começo de conversa, quem nasce em Lesbos é Lesbiana, Lesbieira, Lesbiática, Lesbiense...

Lésbica é sapatão mesmo, ou seja, se sua mulher passou na rua e o malandro gritou “sapatão” fica esperto.

E por mim, pode mudar o nome agora, acho muito feio chamar os outros de lésbica, parece nome de doença de cachorro “morreu de quê? – pegou lésbica menina, acredita? E olha que era vacinado”

Tanto nome mais bonito. Por exemplo: franchona, sapatona, sargento, caminhoneira, trucada, jamanta, Cid (Moreira), machifemia, sapa, brejeira, Rôrô, zéia... e por aí vai.

Se essa moda pega o povo do rio Grande do Sul não vai tentar impedir que o termo Gaúcho seja usado como sinônimo de GAZELA SALTITANTE EM UM CAMPO DE TRIGO*

Cada uma que eu vejo!


(olha a cara da culpada pensando se manda essa letra pra Ana Carolina)

* texto editado, antes estava escrito viado, mas uma leitora achou de péssimo tom.

quinta-feira, junho 19, 2008

quarta-feira, junho 18, 2008

CANTIGAS e CAUSOS

Seguinte, a equipe Calcinhas no Box está preparando o relatório sobre os presentes do dia dos namorados... aguardem.

Outra coisa, como vocês sabem, eu tenho os 2 pés na terra vermelha, sou apenas uma moça nordestina, quase loira, sem dinheiro no banco, sem parentes importantes (se bem que teve um tio meu que quis roubar um rin. Será que isso o torna famoso?) e vinda lá do sertão do mato.

Gente da minha iguala não nega as raízes, nunca. Porque somos isso e pronto.

Dentre as tantas coisas boas que a minha terra oferece estão os causos... sim, aqueles causos de beira de fogo...

E ontem, foi lançado em Belo Horizonte um livro que reúne as melhores cantigas e causos do Seu Marculino. Marculino, para quem não conhece é um moço boa praça, de papo bom e festas intermináveis, os cabelos ele está perdendo para dar lugar ao saco de imaginação que aumenta diariamente a circunferência da cabeça dele. Ainda não li o livro, mas, acredito no moço e sei que vou adorar.

E se você também gosta de causos não perca tempo, entre em contato com o autor ou aguarde uma próxima postagem (vou colocar aqui preço e onde comprar).


TÍTULO DO LIVRO: CANTIGAS & CAUSOS
AUTOR: MARCOS VINICIUS FIGUEIREDO GOMES

sexta-feira, junho 13, 2008

ME CONTA QUE EU TE CONTO

Então foi dia dos Namorados e vocês agora estão pensando o que fazer com o monte de tralha que ganharam. Sim, porque namoro novo é o erro em presentes. Pqp, não sei como o povo consegue errar tanto e tanto. Só que nós, as doces e delicadas moças do Calcinhas no Box vamos analisar caixa por caixa, não ficará um único laço de fita sem explicação, nem que para isso nós tenhamos (juntamente com nossos fiéis colaboradores) que inventar centenas de milhares de histórias. Então está aberta a sessão: ME CONTA QUE EU TE CONTO. Você vem aqui, nos conta o que ganhou e nós vamos dizer o que significa. REGRAS: - Para participar basta ter ganho alguma coisa de alguém; - Nenhum nome será preservado ou protegido, - O presente mais ridículo não vai ganhar nada com isso, afinal de contas, ninguém tem culpa da vida ruim que você leva; - Todos os leitores poderão opinar e rir da sua cara sem que isso traga qualquer ônus; - Para uma análise segura precisamos saber: - o que é; - cor; - tamanho do presente e o seu tamanho; - marca (se é que tem); - como foi entregue; - tipo de embalagem. Então é isso. E quem será o primeiro?

quinta-feira, junho 12, 2008




(Persona)

P.S.Tem coisa que realmente consegue tirar a gente do mal humor....

domingo, junho 08, 2008

DO TORRESMO AO CAVIAR.

A fama é mesmo assim, quando você coloca seu pé no mundo Vip nunca mais vai sair dele (isso se você for uma mulher desenvolta como eu). Porque as portas do Glamour abrem a caixa de correio e de lá saem dezenas de convite para isso, convite para aquilo... e por aí vai. E eu, pé rachado que sou não deixo de ir, afinal de contas, se me chamou é porque gosta mesmo de mim (cof, cof, cof), já que falar bem dos outros não é o meu forte, ou então, a pessoa divide comigo a máxima "falem bem ou falem mal, mas falem de mim..." A verdade é que na semana passada eu fui convidada para o lançamento de um selo musical, o Eba Shows, que na ocasião lançou uma nova dupla serteneja - Marcos e Belutti, uns meninos que prometem levantar poeira nos rodeios e nas festas das lajes na casa do vizinho de vocês (sim, porque vocês só ouvem Jazz né?). O empresário por trás do selo, uia! Promete trazer de volta às paradas de sucesso o grupo Katinguelê com a volta do Salgadinho, aquele moço que cantava: "Inara, Inara, Inara, Inaraí Inara, Inara, Inara, Inaraí Inara, Inara, Inara, Inaraí Inara, Inara, Inara, Inaraí..." Pois bem, uma pessoa que canta versos com tamanha riqueza poética merece todo meu apreço... por isso, ele foi o único que eu concordei em posar para uma foto. Estavam lá, por sinal friviando em minha mesa, o Bruno (da dupla Bruno e Marrone), Edson (da dupla Edson e Hudson) e muitos outros que eu não sei o nome, porque chega uma hora (acho que na segunda garrafa de prosecco)que eles me parecem todos iguais, sou capaz de confundir Sérgio Reis com Ana Maria Braga. Então foi isso, mais uma vez o Calcinhas no Box provou que transita bem, do torresmo ao caviar.

terça-feira, junho 03, 2008

TEMPOS MODERNOS!


O Lulu Santos ontem foi um dos entrevistados do Jô no Programa do Jô. Eu não gosto dele, não gosto dessa mania de não querer crescer, de achar que ainda tem 12 anos de idade. O cara é véio, tem cabelo branco e se comporta feito moleque. Tem que crescer né? Reconheço o artista que ele é, mas a imagem dele me incomoda. Assim como me incomoda a Hebe usar shortinho e blusa sem sutiã.

Mas eu não queria falar disso não, afinal de contas eu odeioooo falar mal das pessoas, acho muito feio.

Seguinte, durante a entrevista, o Jô pediu para o Lulu dar uma canja:
- Ótimo, porque eu trouxe uma panela e uma galinha! (era pra rir??)
- Então toca, Tempos Modernos (o Jô tentava rir da piadinha!)
- ♫♪!@♫♪♪♫!!!
- clap clap clap clap (a pláteia marcava o compasso)
- (violão mudo)Lulu ficou bravo, muito bravo - Bate palma não! Vamos ouvir primeiro, vocês nem sabem o que eu vou tocar... se for parabéns para você ia tá certo, mas não é... vamos fazer silêncio... cantar é bom, mas ouvir também é.


E fez-se o silêncio... Jô queria rir mas não podia. O tio da primeira fila queria bater palma, mas não podia, a moça peituda sentada atrás do tio dublava, já que não podia cantar...

Ai ai... é cada uma, mas eu achei foi bem feito. Mania de bater palma pra tudo!

segunda-feira, junho 02, 2008

E AGORA JOSÉ?

Há algum tempo atrás, minha vida começou entrar em decadência quando isso AQUI Ó! aconteceu. Agora, para acabar de vez com meus dias Yvete Rei da Costurete e do Smoquete Femininete abotoou o paletó de madeira. Yves Saint Laurent foi colaborador de ninguém menos que Dior e após a sua morte, tornou-se um sucesso, sua criação mais polêmica e famosa (vista daqui da terra dos trópicos, por meus olhos acostumados com jeans) foi o smoking feminino, imortalizado em 1966.


“Digo a mim mesmo que criei o guarda-roupa da mulher contemporânea, que participei da transformação de minha época. Eu o fiz com roupas, o que é certamente menos importante do que a música, a arquitetura, a pintura e várias outras artes, mas, seja como for, eu o fiz.” (YSL)


Bem! Já que é de ansim que as coisas acontecem, vou ligar pra D. Nêga para saber se ela já terminou meu pijama de flanela azul com ovelhinhas negras.

LEIA MAIS SOBRE YSL.

domingo, junho 01, 2008

DESBEIJADO.

A novela acabou e mais uma vez não teve o tão esperado beijo Gay e eu não vou fazer como milhares de pessoas que descem o pau na Rede Globo por ter censurado a cena, que segundo o autor já estava gravada (sera???????). Sei que não parece, mas a TV aberta é feita para a família brasileira, a digna e honrada família brasileira. Onde já se viu? colocar 2 viados se beijando as 22:15? O que pode é o pai jogar a filha pela janela. Agora! Mostrar o que já estamos cansados de ver no sofá de casa não pode. Ou você não tem um tio viado ou uma prima sapata? ps. e vou logo avisando, que o primeiro crente fervoroso que aparecer aqui eu mando enfiar a bíblia no fanáticU. ME ECONOMIZA QUE EU TÔ POUCA