sábado, setembro 27, 2008

UM DIA FELIZ... (nem sempre é muito raro)

Seguinte. Você está tentando encontrar uma faxineira decente, dessas que limpam a casa, passam a roupa, lavam a cozinha... mas não consegue, a sua última lavou a geladeira mas esqueceu do congelador, não limpou o fogão (porque você não disse que precisava), lavou o banheiro mas não pegou o lixinho que ficou no ralo, limpou os vidros das janelas mas não limpou o para-peito. Ou seja, não presta... Porém sua casa tem que ser limpa, resumindo, só resta você mesmo. Então você está sozinha em casa em pleno sábado. O dia acabou de começar (adoro isso, acabou de acabar, tem mais acabou, enfim), a faxina te aguarda, Persona viajou e deixou espalhado pela casa: 28 pares de bota, 7 bolsas, 5 casacos e um rastro de pequenas coisas do tipo, rimel, batom, rolo de tirar pelinho da roupa, escova de cabelo (3 – não entendo, uma cabeça e 3 escovas), carregador de celular, sutian ... 11:00 Você já deu início aos trabalhos, já colocou roupa para bater, lavou a louça que sobrou de ontem, abriu todas as janelas (mesmo fazendo 12º), trocou a roupa da cama, enrolou o tapete, estendeu as roupas brancas que foram lavadas à mão ontem e dormiu no amaciante, tomou 2 neosaldinas (sim, porque sua cabeça explode todos os dias). Rogou praga no filho do vizinho que resolveu aprender a contar embaixo da sua janela, molhou a única planta que felizmente só recebe água 3 vezes por semana e já estava há duas sem, tomou seu café feito na cafeteira italiana que você ganhou e até hoje não acertou a medida. 12:00 Trabalho iniciado você pega a sua sacola de feira da D&G (aquela que seu primo que é vendedor da loja de Londres te mandou – porque posso até ser faxineira aos sábados, mas não perco o glamour). Hora da chepa, tudo mais barato, você encontra pimentões amarelos graúdos por 1,00 a bacia... Você está feliz, seus 10 reais encheu a sacola e ainda te pagou um pastel de escarola com queijo na barraca do China. 12:30 Você está voltando para casa, feliz e saltitante, a mulher mais elegante da feira, com uma sacola cheia de folhas numa mão e na outra um pastel carcomido. Uma gordurinha, daquela bem trans - afinal de contas você não é saudável, escorre pelo cantinho da boca, deixando seus lábios mais brilhantes. Não tem como limpar, as mãos estão ocupadas... Mas você ainda é bonita, pelo menos o olhador de carros acha isso. Eis que de repente, não mais que de repente, uma figura na barraca de Yakisoba te chama à atenção... Você conhece aquela pessoa, aquela cabeleira loira esvoaçante, aquele figurino anos 80, pessoas em volta, então você pensa, “deve ser algum famoso”... E seu palpite estava certo, você está diante de Ovelha, o cantor. Quem aí se lembra dele? Ele foi o cara que cantava Porto Solidão do Jessé, que por sinal é uma música linda. Resumindo, seu dia está completo, você vai ser a sua própria faxineira, almoçou um pastel de feira, pegou a chepa, e ainda encontrou o Ovelha!!! Agora é só rezar pro Wando ser o homenageado do Raul Gil hoje.
Se um veleiro repousasse Na palma da minha mão Sopraria com sentimento E deixaria seguir sempre Rumo ao meu coração Meu coração, acalma de um mar Que guarda tamanhos segredos De versos naufragados e sem tempo Rimas de ventos e velas Vida que vem e que vai A solidão que fica e entra Me arremessando contra o cais (porto solidão, jesse)

quarta-feira, setembro 24, 2008

VISÃO DO INFERNO!

Bem, vocês não sabem, mas eu sou viciada em rádio... como sei que ninguém mais ouve isso vou explicar porque gosto, gosto de rádio porque não gosto de escolher a minha própria seqüência musical. Sabe como é. Sempre tem aquele lance de colocar a culpa em alguém e se a culpa é minha, eu coloco ela em quem eu quiser, sem contar que se eu escolho, perco a surpresa de ouvir algo que não ouço há tempos e perco a feliz e única oportunidade de conhecer as pérolas que são lançadas aos povos. Viram? Não sou nenhum monstro, durante algumas horas do meu dia, permito que um estranho enfie o que quer dentro do meu ouvido (uia). Mas não é sobre nada disso que eu quero falar. Na verdade eu queria era saber o que passa na cabeça de uma criatura que escreve Eu vou contar pra todo mundo Eu vou pichar sua rua Vou bater na sua porta de noite Completamente nua Vai contar o quê? será que ainda tem alguma novidade? E se aparecer lá em casa, gorda desse tanto e nua eu juro que eu chuto com o pé esquerdo pra macumba não pegar. ps. Admito que é um post pessoal. Ana Carolina há tempos não me desce pela garganta. Mas não é porque ela está gorda. É porque ela é um “chute em los bagos” BI-SCATE... BI-SCATE...BI-SCATE

segunda-feira, setembro 22, 2008

Vá tomar.... um ônibus!

É isso aí galera... hoje é o DIA MUNDIAL SEM CARRO! Quero ver todo mundo sendo consciente e deixando suas carangas em casa... principalmente porque hoje eu tenho que chegar rápido em Guarulhos pra pegar meu vôo e eu vou de carro. Okei? O CNB agradece a sua colaboração e incentiva o exercício de reflexão sobre a dependência dos automóveis em nossa sociedade! Seja diferente da gente: SEJA POLITICAMENTE CORRETO!

domingo, setembro 21, 2008

QUEM BATE?

Lembra daquela propaganda? Quem bate? É o friooooooooo.... Pois é! Aqui ele não tá batendo na porta, tá arrombando a porta e entrando direto! Ô frio da porra!!! ODEIO ODEIO ODEIO FRIO! Ainda tem gente que adooooura falar que gosta de frio, acha chique, sabecumé? Sei lá, acho que a pessoa acha que ficar com um "ar mais euroupeu" se falar gosta de frio... E tem aquela gauchada que AMA FALAR que AMA FRIO. Sabe porque gaúcho ama frio? Porque lá terra deles faz frio bagarai e eles são bairristas bagarai. Se você é gaúcho e acha esse comentário injusto bagarai, aproveite o X lá em cima e volta pra sua cuia. E esse povo que acha linnnnndo o frio porque as pessoas são mais elegantes e se vestem melhor. Oi? Se você é um desses, definitavamente está andando nos lugares errados e encontrando com as pessoas erradas. Quem é elegante se veste bem em qualquer estação do ano! Ainda tem aqueles que enchem a pança o tempo todo e dão Graças a Deus quando tá frio pra ver se conseguem esconder o barrigão com aquele muletão velho da Pakalolo. Que erro! Pra acabar de me irritar, termômetro marcando 13 graus, Cruela na cozinha só de shortinho e camisetinha. Tá com frio Cruela? Ué... não.... Ódia!
Definitivamente, ODEIO FRIO!

sexta-feira, setembro 19, 2008

A MINHA FAVORITA

Quando essa novela começou eu fiz um post (e não sei porque cargas d'agua não postei, agora ninguém vai acreditar que sou um gênio e consegui adivinhar a novela quase toda). Sim porque eu tenho a mania de ficar mudando as coisas dos outros. Por exemplo, se eu vou em um restaurante com a Persona (que é outra que adora mudar a vida alheia) nós alteramos todo o projeto, trocamos as coisas de lugar e damos milhões de palpites secretos, afinal de contas não vamos ensinar o pulo do gato para o dono né? E que a Rede Globo não venha encher meu saco, implorando para eu não postar o tudo sobre o final da novela A FAVORITA (sim, porque eles sabem que eu adivinho tudo). Como vocês podem perceber... algumas coisas eu acertei. Acho que vou escrever uma novela também. Depois eu posto as 10 dicas para escrever uma novela de sucesso. A FAVORITA - Donatela não matou o Marcelo - Flora não matou o Marcelo - Silveirinha matou o Marcelo - Tarcísio Meira, Mauro Mendonça ou Glória Menezes, um dos 3 vai morrer, a globo sempre mata um ator caro no início da novela, - Helena Ranaldi vai colocar chifre no marido, afinal de contas ela é uma atriz do primeiro time da Globo e não vai ficar casada com um doutorzinho que nem cobra dos pacientes - até então eu não sabia que o marido dela ia ser o prefeito, também se soubesse ia achar que ela ia meter chifre nele do mesmo jeito, ela gosta de homem mais abrutalhado. - Harley é o filho desaparecido da Donatela - Lara não é filha do Marcelo, portanto não é neta da Glória Menezes, apesar se serem parecidíssimas, - O mudinho vai matar o pai que bate na mãe. - Lílian Cabral vai pegar o figurino da Rosa Palmeirão e abrir um bordel CARNE MACIA na cidade de Trinfo... - José Mayer vai rescindir o contrato com a Globo antes de terminar a novela porque até agora ele só pegou a Juliana Paes e isso para ele é muito pouco. - O autor vai matar o Zé Bob porque ele nunca lava aquele cabelo ensebado. - Malvino Salvador é filho do Romildo Rosa, seu maior desafeto (isso sempre acontece, o cara é inimigo do pai e blá blá blá blá...) - Romildo Rosa não recebe salário da Globo, o pagamento é o fato de ter pegado a Ângela Vieira há 30 anos atrás - e eu concordo, agora ele pode trabalhar de graça na Globo pelos próximos 200 anos. - Débora Secco vai trabalhar no CARNE MACIA - Cassiano só vai se barbear no último capítulo - Donatela vai “dá” pro José Mayer para ele parar de reclamar que só pegou a Juliana Paes - Juliana Paes vai “dá” para mais uns 3 ou 4, incluindo o sujo do Zé Bob, afinal de contas ela é a gostosa da novela, mas, vai acabar louca de amor pelo Malvino Salvador que por sua vez vai comer a vila de Trinfo toda além de ter um cartão fidelidade do CARNE MACIA. - Lara vai se tornar a presidente da empresa do avô (porque agora eu matei o avô dela junto com Iolanda – mulher do Copolla) e não vai ter nenhum par romântico, mulheres bem sucedidas não tem tempo pra fornicação e a Globo não vai fazer mais uma contratação nessa altura do campeonato. - Irene vai Copolar (rs. tá bom, essa foi horrível) - O Zé Bob vai ser esquecido pelo autor e pelos telespectadores, como já acontece e de repente... vai ser como se ele nunca tivesse existido. Por enquanto é só. Se eu me lembrar de mais alguma coisa volto aqui.

terça-feira, setembro 16, 2008

POST VAPT VUPT

E que fique bem claro que este não é um post de amor, muito menos de desamor.. é só um post de saudade que vai durar (o post, porque a saudade é para toda a vida) no máximo 12 horas, ou seja, amanhã as 10 horas será parcialmente removido. E mesmo assim eu vou dormir no sofá por ter transformado o blog no muro das saudades.
(imagem removida)
"se você andasse sempre do meu lado eu não teria, motivos para correr e devagar eu andaria..." Conforme anuncioado, este post foi parcialmente editado, afinal de contas eu preciso manter a minha fama de má.

quinta-feira, setembro 11, 2008

A VIDA IMITA A ARTE?

Não sei se é verdade, mas sei que parece e como diz a Persona "Cruela tem olho clínico"... então vou fofocar, não que eu goste. Deus me livre, longe de mim falar mal dos outros (né Anônimo?).. huahuahuahauha Paula Bulamarque. vai pegar a Lilian Cabral Seguinte, sei que não é da minha conta, mas a Lilian vai sair no lucro... e todo mundo que viu a Playboy de maio de 96 vai me apoiar nisso. Sim, sim... eu não tinha idade para ver revistas masculinas (cof cof cof)... mas sabe como é... tem gente que acorda cedo né? ps. em se tratanto de Paula BularMÁQUINA, acho que a arte é que está imitando a vida.

quarta-feira, setembro 10, 2008

TENTATIVA DE REBELIÃO

E pela segunda vez Persona viajou e me confiou a direção, a organização e acima de tudo a moral do Calcinhas no Box. Porém, todavia, de fato, tive que fazer um juramento que tudo seria mantido na mais perfeita harmonia e que não farei nada que macule a imagem virginal deste blog. Afinal de contas, da última vez que tentei tomar este banheiro, tive que dormir no sofá por uma semana (1ª rebelião). Então, desta vez, farei as coisas com mais cautela. Resumindo. ha ha hu hu o Banheiro é nosso ha ha hu hu o Banheiro é nosso Então vamos as regras. - as Calcinhas continuam no box e as cuecas no prego atrás da porta; - está proibido fechar a porta por dentro - está aberta a temporada do entra e sai - depois de usar tem que lavar - não pode baforar no espelho e desenhar obscenidades - não pode deixar cabelo no sabonete - se o peito estiver de fora todo mundo pode olhar - não vamos liberar a água quente para a duchinha - se o sabonete cair na hora do banho, se vire sozinho - a entrada de menores e continua proibida - se beber faça o que quiser - favor não jogar lixo no chão - traga seu xampu - bata antes de entrar - não use a gilete esquecida - o uso obrigatório de roupas está desobrigado - e só dê para os amigos. E para que as normas sejam cumpridas, contratei uma "puliça" que está autorizada a descer o pau em quem desobedecer.

quinta-feira, setembro 04, 2008

TENTAÇÃO

Como diria o outro "a melhor maneira de nos livrarmos de uma tentação é cedendo". Então, nós fomos as felizes e gordas cobais de um jantar dos deuses, ou melhor, das rainhas. Duvida? Então clica AQUI Ó!!!!

quarta-feira, setembro 03, 2008

PLANO PERFEITO - PARTE II

PONTO DE ENCONTRO: Praça Benedito Calixto HORÁRIO: 18H Atriz A e B: Oláááá. Vocês nos contrataram mas não avisaram que tipo de acessório e roupa gostariam.... Eu: Nãoooo... não precisa de acessório ou roupa alguma. Na verdade, tem como colocar uma blusa que não mostre a barriga? Cruela: Vocês podem trocar a micro saia por calça? Atriz A: Afinal, o que vamos fazer? Eu: Vocês vão tomar café na casa de uma casal de amigos. Atriz B: Café? Nunca ouvi falar nessa posição... Cruela: Ta louca? É café mesmo... aquela bebida preta. Atriz B: Só isso? Eu: Na verdade precisamos que você nos traga a criança. Atriz A: Criança??? Cruela: É isso aí! Vocês vão lá, dão meia dúza de sorrisos, tomam café, esperam a brecha e colocam a criança nessa eco bag, Atriz A: Não podemos fazer isso... é seqüestro! Eu: Essa é a sua grande chance! Na verdade, o pai da criança é um grande produtor de teatro e se vocês conseguir fazer isso sem que eles percebam, deve conseguir uma ponta na GLOBO. Finge que é o filho da Donatela. Atriz B: Eu não sei se consigo.... Cruela: Então você só toma o café. Eu: Não esqueça de elogiar a casa, o gato, o cachorro...elogie também o bebê, mas não elogie muuuuito pra ninguém desconfiar... Cruela: Também não elogie pouco... Eu: Vamos deixá-las na porta e esperar na esquina. Continua...

terça-feira, setembro 02, 2008

PLANO PERFEITO- PARTE I

SEXTA FEIRA DIA 22/08 CRUELA E EU fomos até uma agência de jovens “modelos- atrizes- cantoras- dançarinas” Cruela: Por favor, precisamos contratar duas atrizes por cerca de três horas. Recepcionista: É para alguma despedida de solteiro? Cruela: Nãoooo... só precisamos que elas se passem pela gente. Recepcionista: ???? Pra fazer o quê exatamente? Eu: Tomar café na casa de um amigo! A recepcionista murmurou algo como “louca” e nos trouxe o book. Eu aponto para duas meninas ajeitadinhas e pergunto quanto custa. Recepcionista: R$300 a hora. Cruela: Vixe Maria! Queria gastar uns R$10 reais a hora.... das duas! Eu: Tem mais barata? Recepcionista com cara de cocô: Tem essas aqui.... Eu: Tem alguma mais magra? Recepcionista: Não por esse valor... Cruela: Negócio fechado! Eu: Precisamos delas para sábado a tarde. Cruela: Aceita VISA? Continua....

segunda-feira, setembro 01, 2008

ME ECONOMIZA QUE EU TÔ POUCA...

Vocês não sabem, mas o post que mais rendeu assunto aqui no Calcinhas foi o Mamonas - Assassinas Musicais. Somente porque eu disse (e repito) que eles faziam uma musiquinha de nada e que a morte deles deve ser sentida pela perda das vidas e não pela perda da arte. Dezenas de pessoas desejaram que eu estivesse naquele avião e não eles (povo? Só morro de susto, bala ou vício, ok?). Porque o mundo é assim, você nem pode mais ter o SEU blog e escrever o que VOCÊ quer. Como eu disse, recebi um chuvilhão de comentários contrários a minha opinião e uma tempestade de emails me jurando de morte. Mas, dentre todos, um comentário me chamou a atenção. Ele foi escrito pela Bárbara Eleodoro: Barbara Eleodoro disse... Fico fascinada com quantidade de porcaria que escrevem..rs.. Querida se você não estivesse preocupada em colocar fogo na lenha e ser o foco das atenções, não teria um blog como esse e se tivesse o mínimo de coragem nessa "calcinha", teria fontes decontato direta nesse blog. Provavelmente é uma filhinha mimada que acha que é escritora. Entenda uma coisa, ser crítica não é destratar o trabalho dos outros e sim críticar com consciência, mas como já sabemos, você não é capaz disso. O que acho ainda mais engraçado, é que no fim, os tantos como você que surgem e desaparecem, sempre usam a desculpa covarde de dizer "Eu tenho o direito de dizer o que eu penso", mesmo tendo a proteção de um anonimato na internet, pois você certamente não falaria tudo o que fala, se não fosse tão anônima. Bem, vejamos Primeiro obrigada por achar que sou uma formadora de opiniões, isso prova em que pé estamos e se não conseguimos escolher uma mentora intelectual, imagine um cantor que preste. Segundo, bem que eu gostaria de ser uma crítica, preencho todos os requisitos: gosto de falar mal dos outros, sou odiada pelo mundo e não entendo nada de nada. Mas os críticos ganham para fazer isso e eu não. Mas se você quiser me contratar... estamos aí. Porém, depois do seu comentário fiquei pensando no fato de poder ser uma filhinha mimada de papai. Revi toda a minha vida e cheguei a feliz conclusão de que sou sim. Graças a deus eu FUI uma filhinha mimada. Mas não pelas razões que você pensa. Nunca fomos ricos, mas de fato muita coisa não nos faltou, porque meu pai preferiu usar as suas camisas até o fim para que os filhos pudessem ter roupa nova no natal. Sou uma filhinha de papai porque tive de fato uma relação de PAI e FILHA, ele o homem que dava conselhos, colocava no colo, ensinava, orientava, amava... e não teve vergonha de vender todos os bens para que recebêssemos educação. Eu, fui filha, como todos os outros. Ouvi os conselhos, segui suas orientações e tento todos os dias ser correta. Mas para isso não preciso fingir que gosto do que não gosto e não posso me punir por ter recebido de meu pai, o que infelizmente muitos não receberam. Certamente há coisas que eu amo e você odeia. E daí? O que muda em minha vida? Nada. Então, não me venha com xurumelas... quando eu digo MAMONAS – ASSASSINAS MUSICAIS... estou só dizendo que acho a música deles uma droga. Só isso.