terça-feira, julho 28, 2009

BOCA NO TROMBONE... Escola não permitiu consulta da palavra GAY

Escola não permitiu consulta da palavra GAY Eu quis rever uma entrevista com o jornalista Gay Talese no Nós da Comunicação e olhem só... me apareceu esta imagem! Vou contar como foi. Estava em uma das 5 escolas onde leciono e, como foi a primeira semana de aulas, com o 1º dia letivo na quarta-feira, a maioria dos alunos resolveu não comparecer!! Fato ocorrido, comumente, em todas as escolas! Bom, como estávamos em 4 alunos, decidi levá-los a sala de informática e conversar sobre pesquisa na internet. Ajudei um aluno com pesquisa sobre o Horto Florestal de Maringá. Copiei conteúdos de notícias e començamos a reescrever, parafrasear a fim de apresentar as ideias dessas notícias. Na busca de palavras para evitar o Ctrl+C, Ctrl+V, os alunos me disseram: "Ah, professora, mas tem que conhecer muito um vocabulário..." Eu disse: "Por isso sempre digo para vocês que é importante a leitura. Vejam, um exemplo, ontem eu conheci uma palavra nova, SERENDIPITOSO. Vocês já ouviram essa palavra?", "Não!!!". Pois bem, fui eu buscar a palavra e mostrar de onde li. Para este exercício, abri o buscador Google e digitei: Gay Telese. Não consegui lembrar o nome correto do sujeito, que é Talese, mas nesta tentativa: ACESSO NÃO AUTORIZADO. Pasmem!!!! Imediatamente eu me irrito! "Tá brincando!" Registrei a imagem, mas continuei a busca, mostrei no dicionário online a bela palavra serendipitoso e busquei de outros modos, entrei no Nós da Comunicação, onde li a reportagem. E relembrei aos alunos o fato, em 2007, quando trabalhei o tema sexualidade com meus alunos. Fomos na sala de informática e nada de SEX. Acesso não autorizado!!! O secretário da escola me fez a seguinte afirmação: "Você não pode falar de sexualidade com seus alunos, mas pode ensiná-los a fazer uma bomba caseira!" Ah, claro!! Bomba+caseira=AUTORIZADO GAY SEX Nem pensar!!!!!! Fiquei, profundamente, irritada. Mas, irritada com humor!! "Vamos pesquisar outras palavras!!" CU Os alunos riram!! Busca realizada! AUTORIZADO! BUCETA Ah, é pejorativo mesmo!! ACESSO NÃO AUTORIZADO! PÊNIS Pode!!!! Ok!! Por fim, se permitir acessar LÉSBICA, esses f*** da p*** são machistas! Não é possível!! LÉSBICA AUTORIZADO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Inacreditável!!! Lésbica pode, gay não!!! Machista!!!!! Que m*** é essa! Não é possível tamanha incoerência e atitude fascista, hipócrita que os responsáveis pelos bloqueios neste computadores públicos fazem!!!! É preciso acabar essa bobagem!!! É hipocrisia demais!! Tratam nossos alunos como medíocres! Eles não o são! Aliás, eles podem acessar os clipes mais grotescos e nojentos no You Tube!!! Para quê, então, esses bloqueios preconceituosos??? postado no blog INTERNET PRA QUÊ?

26 comentários:

Daliana Antonio disse...

Compartilhar é lindo!!!!

Denúncias sejam feitas!
Casos como esses precisam ser eliminados, já que indicam preconceito inaceitável, principalmente, num ambiente que diz educacional: a escola!!

Abraço!

L.S. Alves disse...

E desde quando a escola quer que alguém aprenda alguma coisa? O negócio é massificar e moldar a mediocridade. Fora um ou outro professor que luta contra os moinhos de vento a maioria está lá pra perpetuar a visão dominante. E esse negócio de homosexualismo é sempre um assunto complicado. Vai que um aluno chega em casa e faz uma pergunta? Sabe-se lá que tipo de pais ele tem em casa? Capaz de perseguirem o professor, acusarem a escola de corruptora e mais um monte de atrocidades que cabeças obtusas são capazes de gerar.
Acho que perdi a fé no sistema educacional.
Um abraço moças.

Mutante disse...

aff mais essa!
vou te mandar uma reportagem do uol educação com números assustadores sobre pesquisa feita nas escolas cujo tema é homofobia...

Desabafando disse...

preconceituoso mesmo...
ah, e a homeopatia está fazendo efeito sim, diminui muito a ansiedade...demora um pouco mais que remédio convencional pra aparecer o efeito...mas depois vc acostuma e vai sentir diferença...procure um homeopata sim!

Flor de Azeviche disse...

O que mais de preconceituso tem para acontecer? Cada dia é uma nova, to cansada dessa vida, gente!

Beijoos

Genérica Paraguaia disse...

Tento acreditar no ser humano. Mas o sistema é feito por seres humanos... como poder melhorar a nação onde vivemos em um lugar melhor se esses "seres humanos" que não possuem humanidade alguma segregam a população??
Sinto-me profundamente envergonhada com situações como essa.

Fernanda Pereira disse...

É realmente uma belezura o retrato da educação brasileira, de encher de orgulho o país com presidente analfabeto!!!!

Teco disse...

É... parece que polêmica é o termo do dia nos blogs que ando lendo por aí.

Fala Rapha disse...

Aff que absurdo!

Blog da Satine disse...

e assim vivemos na hipocrisia e despreparo!!

Escaminha disse...

É bizarro né...
Na minha ex faculdade que eu esutdava e na faculdade que eu trabalho, tb bloqueiam os sites...
Tipo, o Uol pode...mas o antigo MIX Uol não PODE!

carla m. disse...

Nossa, eu desabafando não conseguiria falar tão bem da hipocrisia do sistema de ensino no país.

Presenciei situações tão grotescas quanto essa, e confesso, que às vezes me pergunto o que fazer... Mas é bom saber que tem mais gente que fica puta com isso.

Miss X disse...

Na minha empresa eu tentei ler uma reportagem (séria mesmo, nada de besteira) de um site e estava bloqueada por ter conteúdo gay... Dizia algo como "conteúdo gay, lésbico e bissexual vetados"... Até dei print para as amigas verem rs...
F O D A
Pode falar q na empresa não tenho q usar a net para isso, mas e na hora do almoço?
Mas lá é foda mesmo, outro dia o médico do ambulatório da empresa me deu um remédio e fui consultar o site de bulas e estava bloqueado por ter conteúdo médico...
Como diria uma amiga minha, quem güenta bixo? (com trema mesmo rs)

Bjs e parabéns para mamãe Persona!

Elô disse...

Hipocrisia parece ser a palavra de ordem hoje em dia.
"Engraçado" porque em vez de evolução só se vê regressão!
É a escola dando sua "preciosa contribuição" na formação de mais pessoas preconceituosas e medíocres.

AFF!!!!!

Como diria o Tio Tony (personagem da TV gaúcha, de minha infância aqui no RS): "VAMOS LÁ, UM Ó DE INDIGNAÇÃO: ÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓ!!!!"

Panmela disse...

Concordo plenamente com você! Nós professores, eu, (futura professora, em breve, aguardem!!!) somos vítimas de uma sistema chulo que tratam os alunos como retardados e podam a nossa vontade de ensinar, ou melhor, a nossa vontade não, mas o nosso direito.
Beijos!!!!

Uma Pulga em desesperO disse...

I Can't believe...Pobres alunos!

Marcélia Macidália disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcélia Macidália disse...

Igual aqui no meu serviço...tudo é bloqueado...mas da pra acessar gay sim...hhehehehe
No hay preconceitos
bjocas garotas

Mundo paralelo disse...

Nossa, estou pasma com essa realidade que assombra as nossas escolas, e mais ainda com a falta de senso do ridículo...
Beijos

Garota de Coturnos disse...

hauahauhau

Pâmela disse...

Sociedade hipócrita mesmo.

A gente sabe que cada vez mais casais gayssurgem/ se assumem/ aparecem mas, mesmo assim, não vi neste ano NENHUMA propaganda do dia dos namorados voltada para este público. Será que eles não costumam se presentear?

Pois é...

Amélia disse...

"Inacreditável!!!
Lésbica pode, gay não!!!"

RI MUITO.
Excelente!!

Vicky disse...

E há ai alguém que ainda acredita em democracia???

Democracia é um conto da carochinha que passou na cabeça de um bem intencionado e q os espertinhos usam p enganar os distraidos.

Quem manda, controla o q lemos e, se bobearmos, o q pensamos. Daí a hipocresia geral.

Ainda bem q haja blogues q denunciam isso. Valeu!!

Ana Paula disse...

Adorei sua pesquisa! Você ainda é professora na dita escola? Internet e controle não combinam. Mas tenhamos esperança, acho que a escola está com os dias contados. Sobre internet, presenciei duas histórias interessantes em uma unidade de internet gratuita em uma faculdade de educação no nordeste do país. Os alunos da graduação: 1) não queriam que os faxineiros do prédio usassem as máquinas e 2) queriam bloquear sites de sexo, estavam puritanamente constrangidos com oq alguns alunos viam ali. Eu passei um dia e tb vi. Aprendi manter meu nariz no meu ecran. Voltarei aqui.

Thiago da Hora Souza disse...

Só uma mente pertubada e pequena para achar que bloquear o acesso à determinadas palavras "livrará" as crianças e adolescentes de descobrir tudo o que há na Internet. Pobres coitados por acreditarem nisso.

Arthur Golgo Lucas disse...

Ainda vou fazer uma lista completa das pesquisas que eu tentei fazer na biblioteca da instituição em que trabalho e que foram bloqueadas porque continham "conteúdo não autorizado" na URL.

Computador - bloqueado por causa da segunda e terceira sílabas.

Reputação - bloqueado pelo mesmo problema.

Assexuado - bloqueado por causa do "sex".

Moby Dick, de Herman Melville - bloqueado por causa do Dick (em inglês é gíria para pênis).

Acusado - bloqueado por conter outra referência anatômica chula.

Respeitoso - dá pra acreditar que o programador considerou chula a palavra "peito"? Mas ainda pode piorar.

Resgatado - já pegaram a lógica?

Passagem - pois é, imaginem que inferno fazer uma pesquisa com esse nível de paranóia.

Fora o fato que inúmeros sites científicos estão indisponíveis porque a palavra "blog" está bloqueada. Os caras acham que blog é um tipo de conteúdo e não um formato de publicação.

Eles querem que a gente preencha um formulário eletrônico solicitando o desbloqueio de cada site e aguarde o processamento da fila de solicitações para que cada pedido seja avaliado individualmente segundo a política da instituição.

Uma pesquisa no Google pode demorar 72 horas para ser autorizada, para que eu olhe o site resultante por três segundos e feche porque não era o que eu estava procurando.

Ah, sim... eu trabalho em um órgão público, vocês estão pagando por isso. ;-)