domingo, agosto 16, 2009

"QUEM TIVER A UNHA MAIOR QUE SUBA NA PAREDE"

A ONG Rio de Paz é a responsável por manifestos silenciosos e chocantes nas Praias do Rio de Janeiro, tenho certeza que todos se lembram das 1.300 rosas fincadas na areia, das cruzes representado milhares de mortos, das pessoas deitadas no calçadão... O ONG de forma tocante nos traz à realidade. Quem por ali passa certamente leva a mão ao peito, ou esconde com a mão o que a boca quis dizer, afinal não é delicado soltar um PUTA QUE PARIU diante da representação de tantos corpos. eu sou fanzoca do trabalho deles, primeiro porque é feito com arte, segundo porque são diretos, terceiro porque não agridem ninguém e quarto porque não queimam ônibus. Uma arte plástica pra nos dizer: cuidado, amanhã talvez teremos que colocar mais uma cruz para você! Pois bem, quem passou ontem pelo calçadão de Copacabana pôde ver (do verbo não vai ver mais) um placar montado pela ONG Rio de Paz, o placar mostrava o número acumulado das ocorrências criminais de janeiro de 2007 a maio deste ano, com base nas estatísticas oficiais do governo do Estado. No chamado Placar da Violência, o total de homicídios ocorridos no estado no período (14.609) ou o número de pessoas mortas supostamente em confronto com a polícia, os chamados autos de resistência (2.921). Acontece, que a Prefeitura do Rio de Janeiro, retirou a placa, afinal de contas, em tempos de candidatura à Olimpíadas e as vésperas da Copa não é de bom tom que as pessoas vejam que no Rio se mata pra ver para que lado cai. O nome disso? jogar a sujeira pra debaixo do tapete, nada além disso. O Rio é sim a cidade mais linda do mundo, porém, ao contrário dos anjos... nem tudo que é belo é perfeito. Fechar os olhos para a violência é assinar o projeto de lei "quem tiver a unha maior que suba na parede"... mais importante que os milhões de dólares que os turistas trazem é a consciência de tantos, é a segurança de todos. A PREFEITURA PODE TIRAR O PLACAR DA PRAIA DE COPACABANA, MAS NÃO PODE TIRAR DO MEU BLOG, NEM DO BLOG DE VOCÊS. ENTÃO, EU LANÇO A CAMPANHA RIO DE PAZ, E QUEM TIVER CABELO BOM QUE ME ACOMPANHE! (dica retirada do blog da Cristina Brasil)

28 comentários:

ana borba disse...

até o comeco do ano havia em recife um placar eletrônico que mostrava (teoricamente em tempo real) o número de homicídios no estado (havia um outro tb pra mostrar a quantidade de impostos arrecadados)...

ficava num terreno privado de uma universidade... mas varre de lá, varre de cá, jogaram a poeira pra debaixo do tapete mesmo. tiraram o placar.

cruela disse...

pois é Ana,

e assim caminha a humanidade.

Fala Rapha disse...

A Ana Borba lembrou bem! O governo esconde tudo velho.

Fernanda Pereira disse...

Eu tenho o cabelo bom e mesmo se fosse duro tbem entrava na briga

Tô dentro!

LEO disse...

Cruela
Sou paulistano. Adoro o Rio. Acho a cidade do Rio de Janeiro realmente maravilhosa.Vou a Cidade sem medo!
Essa realidade do crime, do trafico, da impunidade, da conivencia conhecemos bem. È noticia nos jornais e revistas...O problema é q por descaso e omissão de gente q governou o Estado e o Pais a situação chegou onde chegou!
Carregar a placa, publicar no Blog é um bom começo mas e dai?
Qual a saida?
LEO

cruela disse...

saída não há Léo...

Mas não podemos deixar que o governo manipule números.. primeiro o muro que cerca as favelas do rio, depois a tentativa de calar... qualquer movimento pela paz é válido e importante... e os turistas tem o direito de saber onde vão para que possam se proteger... e não sacudir máquinas fotográficas e carteiras recheadas de dólares nas prais.

Isso acontece porque a imagem vendida é de um Rio de paz e amor.

ps. quando digo Rio, digo todo e qualquer lugar desse país.

Dani Halliday disse...

Tô dentro, com meu cabelo liso de progressiva!!!

Dani Halliday disse...

Tô dentro, com meu cabelo liso de progressiva!!!

Elô disse...

Ai, amiga
Tô tão desanimada com as palhaçadas que vem acontecendo no blog do Jean, que nem sei... não tenho classe suficiente pra não perder as estribeiras. Tive que chamar a tal Katylene de piriguete. Aff... que nojo.
Mas dei risada na parte do bilhar e dos dadinhos. Kkkkkkkkkk.
Vou ficar com fama de bebum por tua causa! Hahahahahahaha.

De lés a lés disse...

Acho que ações como essas da Rio de Paz, fazem toda a diferença, é importante dar visibilidade ao que acontece. Quem sabe assim mais gente se mobiliza.

JujuG disse...

Eu não tenho blog nem cabelo bom mas apoio integralmente. Acho que o que acontece nesse País é de nossa responsabilidade. Somos nós que vivemos aqui, pagamos um absurdo em impostos, patrocinamos a putaria politica de norte a sul e precisamos urgentemente começar a sair da zona de conforto da reclamação e partir pra ação sem queimar onibus e nem produzir mais violência.

cruela disse...

Mas é exatamente o que a ONG faz. Um movimento pela paz (que por sinal teve um super bacana aí em bh na praça do papa)... mas o governo do rio não quer mostrar essas coisas agora, não é bom para a política, pode comprometer a candidatura.

Elô disse...

JujuG.. apoio totalmente. Falou e disse!

Dama de Cinzas disse...

Bela campanha! Mas eu não tenho cabelo bom, posso aderir? rs

Beijocas

Marininha G. disse...

É Juju, concordo com vc! Mas aí te pergunto, até com uma certa vergonha da resposta, e o que nós fazemos a respeito??? N-A-D-A!

Uma Pulga em desesperO disse...

Muito boa a iniciativa. É uma das poucas ONGs que realmente faz alguma coisa que causa reação e da resultado.
Podemos fazer algo a respeito sim, nem que seja apenas divulgar. Eu não moro no Rio, mas quem mora ficará conciênte de que a prefeitura atual não está a favor do povo.

Bjuuuu

Regina Bui disse...

Espero muito que o Rio tenha solução. Quem sabe um dia. Porque quando o povo quer, o povo faz. Os governos que comecem a traçar planos de educação, esporte, conscientização, oficinas e etc, porque a coisa não será fácil, diria que a longo prazo. Do contrário veremos uma cidade afundar em sua própria cultura violenta. Mas sempre sou otimista, acho que tem jeito sim e torço pelos cariocas que arregaçam as mangas.

Alê Quites disse...

No contigo!

Alice disse...

É uma vergonha o ponto a que o Rio chegou.

Samuel Bryan disse...

eu acho que a expressão melhor seria: "enterrar a sujeira na areia"

Mundo The L. disse...

e Quem não tem cabelo...?


pode ir...?

Mundo The L. disse...

e Quem não tem cabelo...?


pode ir...?

Teco disse...

Adorei.

Já COPIEI o post TODINHO.

*** Cris *** disse...

É impressionante mesmo como tudo que é importante e registra nossa verdade vai para debaixo do tapete.
Bjs!

Miss X disse...

E apesar de todos estes números, oq eu mais tenho visto nos blogs cariocas (nem todos, claro) são alfinetadas contra os paulistas, alegando q enquanto estamos neste tempo de chove-não-molha o inverno deles é ensolarado e eles são mais felizes por causa de todos os cartões postais que tem na cidade ect etc etc.
Tá na hra do povo parar de se ligar em quem tem mais beleza natural ou shoppings e se preocupar com o que realmente interessa e é importante, seja no Rio, São Paulo ou Tangamandápio...
prontofalei

Thiago da Hora Souza disse...

Eu continuo sendo da opinião de que atos como os promovidos por essa ONG não resolvem ou esclarecem nada. As pessoas continuam a não cobrar do Governo medidas reais para solucionar os problemas da violência, e os governantes continuam fingindo que não existimos.

Carolina Pagioli Lessa disse...

e por um acaso os governantes estão interessados em de alguma maneira se retratar, seja para a população ou para os veículos de comunicação sobre todas essas mortes? Logico que não, vivemos em um país abandonado, e abandonado por um todo, se vc pegar base pelo presidente do brasil que mexeu os pauzinhos para que todas as denuncias contra o sarney fossem arquivadas, o que podemos esperar dos outros políticos que estão abaixo dele?
E com isso a população vai ficando com um déficit cada vez maior de atenção, assistencialismo, emprego, saúde e educação.

Beijo

Caixa disse...

Olá!
Visite o nosso blog e conheça os melhores álbuns da música popular brasileira.

Acesse e divulgue: notasnacaixa.blogspot.com
Até mais!