quarta-feira, novembro 11, 2009

TIRAMOS A CALCINHA




Não é o que a cabeça pevertida de vocês está pensando... tiramos a calcinha em apoio a Geisy Arruda, aluna coagida da Uniban que, nos dias de hoje, cometeu o crime de ir à faculdade usando um vestidinho curto demais para o gosto de seus "calegas" medíocres de uma faculdade igualmente medíocre.




43 comentários:

luallessi disse...

Vc juuuuuuuuuuuuuuuuuura que acha que toda aquela confusão lá foi só por causa do vestido 'nem-tão-curto-assim'?

Mas tudo bem...se for em praia de nudismo eu tiro a minha calcinha também (embora ache marquinha charmoso..rs)

Mandy Souto disse...

Salve Persona!
Seria muito bom se a Uniban distribuissem para os alunos burcas no primeiro dia de aula... Para evitar tanta confusão, tanta besteira e essa onda de bons costumes que atacou os alunos, os professores e os senhores diretores.
Vou ali viu?
Beijo beijo beijo

Ju disse...

É isso aí!

Grasi disse...

"existem mais coisas entre o céu e a terra do que sonha nossa vã filosofia..."

Explicação 1:
Era roupa de trabalho, ora bolas...

Explicação 2:
Foi inveja de uma gordinha recalcada...

Explicação 3:
é SÓ um vestidinho, pra que tanta decência?


ainda acho que liberdade de expressão é tudo, desde que não haja julgamento. Alguém provocou!
aheuahuehuaheuheuuahea

P.S.: nunca comento, hora de perder a virgindade..Sem calcinha..ho ho ho

Grasi disse...

eu quis dizer "supõe" e não sonha... maldito momento pra errar a frase. Se bem que a ideia é a mesma...hehehe..
bjus

Comentarista Abalizado disse...

Se eles são medíocres, ou não, não sei...
Mas, que ela estava beeeeeeeeeeeeeeem sem vergonha, estava.
Eu até poderia não entoar o "puta, puta", mas que ia pensar, ia.
Adooooooooooooooooooro "puta, puta".

Garota de Coturnos disse...

É capaz dela nem ter celulite... Por isso a indignação de geral ahauhauaua

Sammyra Santana disse...

huahuahauhau
apóio!
e digo mais: se gostosa fosse, aquele vestido tb usaria!
dá-lhe Geyse!

Geneviève disse...

Eu também tiro a calcinha pra esse falso moralismo que insiste em imperar nessa terra.
Em 1500 os índios aqui já andavam nus e de pouca roupa... Vai fingir que é pra botar moral agora?
Tô com a Geisy que tem a vergonha na cara de ser ela mesma.
Ah...falei!!!

Kátia Ruivo disse...

Tanta gente mostrando muito mais do que a calcinha e nem tanto barulho é feito ....

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ disse...

Sarava!

Hj o meu tema é parecido... :D

beijocas


p.s.- os preconceituosos...

Nika disse...

Nossa, não suporto mais. Se ela não entrar com um processo contra a UNIBAN, eu a chamarei de idiota!

Thiago da Hora Souza disse...

O brasileiro tolera mulheres semi nuas no desembarque do aeroporto carioca e se esfregando nos turistas americanos (época em que o Brasil e os Estados Unidos travaram uma pequena guerra diplomática), tolera o carnaval, que é uma putaria institucionalizada, tolera sexo quase explícito em novelas, mas não consegue tolerar uma mulher vestida com um simples vestido um pouco mais curto do que as demais. Dá para entender?

L.S. Alves disse...

Sei não, mas se toda vez que uma mulher usasse vestido curto ou uma calça atochada desse um bafafa desses... aqui em SC ninguém concluiria graduação.

Naty Dezoti disse...

Tem gente que vem trabalhar aqui com vestes mais indecentes.
Santa hipocrisia.
E, como ouvi no CQC "na Uniban, eles não gostam de mulher!"

Marininha G disse...

No carnaval pode e pode ate passar na televisão e mostrar pro mundo inteiro, na faculdade não pode? Explica!!! A bunda é dela, krai so!

Cruela Veneno da Silva disse...

eu acho que a maioria dos alunos ali me fez lembrar porque a UNIBAN teve nota 2 no MEC. E a faculdade também justificou a nota ao tentar expulsar a aluna .

è um pena que um fato desse envolva quem está comprometido com a educação

e é esta a palavra
EDUCAÇÃO... a Universidade é uma instituição de ensino, que tem como objetivo ensinar... e certamente uma dos ensinamentos é respeito.

Pense como será amanhã... alguém terá que ouvir "viado viado viado" pq usa um jeans justo?

E será aplaudido?

Se ela é puta ou não não é da conta de ninguém, até porque não se pede carteira de trabalho na admissão.. puta, padre, santa, a sua mãe, meu pai (esse não pq ja morreu)... tem o mesmo direito e acesso a educação.

Pra mim foi pavoroso (e isso eu ouvi da Persona)...

Comentarista Abalizado disse...

Também, não sei qual o problema de chamar de puta.
Puta nem é xingamento. Problema seria chamar de pura.
Afinal, quem gosta de mulher santinha?
Puta, com exceção da minha mãe, quero mesmo é que todas sejam.
Adoooooooooooroooooooooooooooooo

Anônimo disse...

Oiii!!

Adoro seu blog.

Resolvi deixar aqui o meu humilde comentário.

Eu acho que essa história já está indo longe demais. Acho q essa mulher exagerou sim indo daquele jeito pra faculdade...Acho que os estudantes exageraram no protesto...e acho q não vai demorar muito pra ela aparecer na capa da Playboy. Tá na cara que ela gosta de se amostrar.. Já deu uma repaginada no visu!

Gustavo Piovezan disse...

Não uso calcinha, mas se puder tiro a cueca...
rsss
Absurdos e mais deles....

Lana disse...

Daí que surge o "estuprei pq ela tava provocando".
Não é a faculdade que é medíocre, infelizmente é o ser humano.

JueLaila disse...

Oi!
Sempre entro aqui, mas nunca tinha comentado.
Adoro esse blog! Tô começando a fazer parte desse mundinho blogueiro agora!

beijos

Elô disse...

Esta história é nojenta!
A atitude dos alunos, corroborada pelo reitor, hipócrita e BURRO!

Para vermos que diploma não dá educação, caráter, ombridade e bom senso.

E, Thiago, tu és da Hora mesmo. Concordo plenamente.
Cruelita, bem lembrada a notinha 2 no MEC, dessa Instituição que provou ser medíocre.

E a Geisy ainda vai lucrar com esta história, logo, logo deve estar na capa da playboy. E que faça do limão uma limonada, depois deste absurdo todo do qual foi vítima.

E, mudando de assunto: meu presente?????? Tá vindo a cavalo?

Escaminha disse...

Eba!!!
Poderiam mostrar outro ângulo né...hehehe

diariodeumaposadolescente disse...

E tudo isso no País do Carnaval.

Falso moralismo? Talvez.

Lady disse...

Olá ja tinha visto seu blog nos favoritos de muitos dos meus blog prediletos
mas nunca cheguei a ler
[mim cum preguiça]
so hoje muito inspirada a leitura resolvi dar uma olhada e adorei!
você é muito divertida e interessante
vou adicionar seu blog la no meu!
beijos!!

Fala Rapha disse...

Totalmente apoiadas!! Abaixo a repressão!

Uma Pulga em desesperO disse...

Na verdade todos estavam a fim de ter a mesma coragem que ela teve.

Leite disse...

calcinhas tiradas! É isso aí!
puta ou não, bem vestida ou não, provocante ou não, nada justifica o comportamento dos alunos e da faculdade!

Jacinto Leto disse...

"tira tira tira a calcinha, tira tira tira a calcinha, ela é minha, ela é minha, ela é minha"
voces conhecem essa musica? deveriam colocar na hora que abre o blog
acho digno!
abraços

Jo disse...

EU ACHO..


..que o título desse post (não sei pq, hehehe), chamou a atenção de muita gente, porque li no mínimo uns três "nunca tinha comentado, mas agora vou comentar"..

quanto a moça, aff, as pessoas deveriam cuidar mais das suas próprias vidas.. não é uma Universidade?? eles não estão lá pra estudar?? mas, ao invés disso ficam importunando a vida dos outros, basta ver a nota do MEC..


ado ado, cada um no seu quadrado!!


beijo gurias!!

Guarda Chuva disse...

respeito é legal as vezes, né?!
Mas o povo hoje em dia parece que vive na selva, quanto mais a humanidade caminha pro futuro, mais se assemelham aos homens das cavernas. Lembrei do "Capitããão caveeernaaaa" HAHAHAH

gabriela disse...

me dá seu telefone?

Marcia Paula disse...

Isso que dá estudar em faculdade de fundo de quintal. Antes disso já agrediram uma mãe que não pode participar de uma manifestação ou trote, deram socos na cara da moça!Na Uninove aconteceu isso com um rapaz que ia trabalhar e pediu para adiar o trote para o final de semana!Gente, não passo nem na porta desses animais!Abração.

Mauro disse...

Sou paulista morando no rio, e estou envergonhadissimo do comportamento retrogrado e ignorante desses idiotas que fizeram aquilo com a garota.
GEISY......NEM TODO HOMEM É ESTUPIDO E IGNORANTE!

Anônimo disse...

ERRADOOOOO,... lugar de mini saia é em boates, escola é lugar de educação e cultura, e aquele vestido é falta de vergonha... quis ser promover e achou o local certo...
Muitos e muitas ai acima aprovam, porem queria ver se fosse a filha de vcs usando um desses na escola e todos querendo come-lá.. pais vcs iam gostar?

Da Silva disse...

Pode ser que ela tenha feito pra aparecer, mas e daí? Continua sendo injustificável a atitude dos alunos da UNIBAN.

Sei lá, eu sempre achei que mulher gostosa de sainha curta era algo pra aplaudir. A Geisy, por sinal, dá um caldo...

bj

Ícaro Hupsel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Paty disse...

Sou hipócrita pra falar sobre isso.

Pau no cu da faculdade.
E no da aproveitadora também.



PS: Pode falar cu aqui, certo?

Anônimo disse...

muito bem...adorei a postura CruPer...!!! muito tempo não te elogiava!!! kkk

Anônimo disse...

aiaiaiia...a escrita de cima e a minha agora e do anônimo 69...tem gente se passando por mim!!!! não deixa!!

Ewerton Castro disse...

o fato é que ela nem é tão gostosa assim, è gorda....grandona..mulher gostosa de verdade é aquela com corpinho certinho....todo compativel...ds pés a cabeça. E ela, ela é grandona...gordona. Nem com as plasticas que pagaram a ela vai ficar gostosa.
No mais....cansei de ver mulheres com roupa mais escandalosas que a dela na minha epoca defaculdade e nem pr isso houve manifestação parecida. A galera da faculdade errou, mas errou não pelo vestido que usava e sim pela postura que ela tinha...postura de puta. Se quer ser puta...fazer vida...que faça. Mas no ambiente academico...que se coloque de forma discreta e mantenha a privacidade....não ficar se exibindo e batendo boca como ela fez.

Se foi um erro oque acontecu com ela....ela que provocou.

Cruela Veneno da Silva disse...

Não Ewerton,

Voce está completamente errado.

Rouba curta não é justificativa pra estupro nem para ofenças.

Então se fosse um cara usando uma baby look ele poderia ser chamado de viado?

Agora temos que nos vestir como manda o preconceito?

não mesmo