sábado, junho 05, 2010

PARADA DO ORGULHO GAY

Amanhã em São Paulo acontece a 14ª PARADA DO ORGULHO GAY...

E nós, do Calcinhas no Box desejamos que todos os espaços sejam respeitados.

Se você não gosta de viado e sapatão... fique em casa.

Mas não estrague a festa nem o direito que o outro tem de se fazer notar.

11 comentários:

Machão disse...

a bicharada vai estar toda solta

Pensando disse...

Livre, leve e muito soltinha..diga -se de passagem..hehehe

LEO disse...

E viva a diversidade!
BJSSS
LEO
bom domingo!
Visite o SeximaginariuM
A Celebração do Sexo

Thiago da Hora Souza disse...

Aos que gostam, bom proveito!

disse...

só espero que não se motivem a ir só pela festa e pegação.

Miss X disse...

Ótimo post: simples e objetivo!
Nunca vou entender o motivo de tanta violência como houve ano passado...
Espero sinceramente q td corra bem este ano, todos possam aproveitar, se divertir, mostrar a cara livremente (pelo menos em 1 dia do ano)!
E como diria Cazuza "não ligue pra essas caras tristes fingindo q a gente não existe..."

Camila disse...

Um dia, eu espero, as pessoas, ao se olharem, perceberão que aquilo que é visto não vai além de algo que perecerá um dia, e então olharão de uma outra forma, mais profunda, e aí sim enxergarão a verdadeira essÊncia das pessoas, que não tem cor, não tem sexo, não tem raça, não tem religião, só tem o ser, como ele é. Que, no fundo, é o que realmente importa.

*queria muito ir e privilegiar a festa.


beijos daqui...

Gavetas Insanas disse...

Espero que a de Belém um dia chegue perto dessa festa. Já foi bem melhor. Torcemos para ser mais respeitada!

Raíssa Biolcati disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cruela Veneno da Silva disse...

falou bonito heim camila?

vc saiu do twitter?
não te encontro lá.

bridge west of Lisbon disse...

Camila, adorei seu comentário!....

Também eu, gostaria que um dia o ser humano fosse respeitado na sua individualidade. Não houvesse necessidade de paradas de afirmação de diferênças. Mas paradas de confraternização da diversidade.

Abraço solidário